Minha vida em dez músicas ❤

Pelo menos para mim, música é algo muito presente no meu dia-a-dia e eu acho incrível o fato de atribuir cada uma para um determinado momento, para uma determinada pessoa, para uma determinada conquista.. Esses dias passando pelo blog da Bru Vieira, encontrei essa tag e fiquei super animada para responder, já que nela, vi que poderia anexar dois assuntos que eu tenho muito prazer de conversar: músicas e algumas histórias minhas, hahaha.



❤ Young, wild and free (feat. Snoop Dogg) - Wiz Khalifa
Essa música por algum motivo ainda desconhecido, me lembra demais o verão e toda essa sensação que estar de férias proporciona. Além disso, era uma música que eu escutava muito a um tempo atrás, logo depois do término do meu namoro, para ser mais específica. Ela me trás de novo o sentimento bom que é aprender a se bastar, sabe? E ps: como eu sempre tive pessoas para julgar cada passo que eu dei na minha vida (normal, né?), sofri isso ao término por estar saindo e querendo reconstruir minha vida, então eu colocava ela no último volume e abstraía, por sinal, sempre funcionou muito bem.
''Estamos só nos divertindo e não ligamos quem veja. E daí se nós saímos? É assim que deveria ser. Viver jovem, selvagem e livre.''

❤ Try - Colbie Caillat
Vale roubar nessa categoria e selecionar duas músicas, né?
Try representa muito do que eu penso em relação a toda pressão que a sociedade nos impõe, de não se sentir segura ao vestir um biquíni, de não se sentir confortável sem maquiagem, é algo que nós, como mulheres, precisamos trabalhar muito ainda.. Talvez as suas inseguranças não estejam nos dois tópicos-exemplos que eu citei, mas tenho certeza que você também sente como se algo fosse imposto para você ser ou agir. A letra dessa música é maravilhosa, sou apaixonada pela voz da Colbie e o clipe dispensa comentários, então, nada mais digno que coloca-la aqui.
''Coloque sua maquiagem, faça as unhas, deixei seu cabelo crescer, corra mais um pouco, mantenha-se esbelta para que gostem de você. Eles gostam de você? Espere um segundo, por que você deveria se importar com o que pensam? Quando você está sozinha, sem ninguém, você gosta de você?''


❤ Shake it off - Taylor Swift
Taylor sempre fala por mim e já se tornou repetitivo eu dizer isso, né? Hahaha, mas eu sou apaixonada pela irônia dela nessa música e se não aprendermos a 'shake it off', deixar para lá algumas coisas, é impossível vivermos tudo que planejarmos e almejamos. Afinal de qualquer forma, 'the haters gonna hate'. Rá!

''Eu fico fora até tarde e não tenho nada no meu cérebro, é isso o que as pessoas dizem, pelo menos é o que as pessoas dizem.. Os haters vão odiar, odiar e odiar, mas querido, eu só vou sacudir e deixar pra lá. Apenas pense que enquanto você fica reclamando desses mentirosos e esses traidores horrorosos desse mundo, você poderia estar se acabando nessa batida incrível.''

❤ Animals - Maroon 5
Quando eu penso em Maroon 5, eu só penso em ''como-não-amar?'' Tudo bem que o Adam Levine será meu eterno crush hahahaha, mas eu sempre achei incrível a energia das músicas da banda. Aliás, poderia fazer a louca com qualquer uma deles, mas Animals é a mais recente que ganhou meu coração.

''Você pode recomeçar, você pode correr livremente, você pode achar outros peixes no mar, você pode fingir que era pra ser. Talvez você ache que pode se esconder, mas eu posso sentir seu cheiro a milhas, como animais.''

❤ Céu Azul - Charlie Brown Jr.
Todo e qualquer tipo de relacionamento tem a sua música, e isso é absurdamente incrível, né? Eu sempre fui de escutar uma música e ligar ela à alguém, mas por mais que sempre tenha aquela música que a gente tenha uma tendência a cantar juntos em qualquer relacionamento e se identificar demais com a letra, as que mais me marcam e me ligam a uma pessoa, são as que tocam aleatoriamente em um momento bom. E o mais bizarro é que dificilmente eu digo para a pessoa que eu lembro dela com determinada música, prefiro deixar uma conexão só minha mesmo.
''Alguém te perguntou como é que foi seu dia? Uma palavra amiga, uma notícia boa, isso faz falta no dia-a-dia, a gente nunca sabe quem são essas pessoas.''


❤ Innocent - Taylor Swift
Acho que não existe uma música que eu comece a chorar a escutar, mas Innocent sem dúvida alguma, mexe muito comigo. A Taylor compôs ela depois daquele episódio no VMA em que logo após de receber o prêmio por melhor clipe, Kanye West tirou o microfone dela e disse ao vivo que quem merecia esse prêmio era a Beyonce, lembram?
Em vários momentos eu me senti injustiçada da mesma forma, as vezes é difícil ligarmos um ponto a outro e concluirmos o porquê de algumas situações, o porquê de alguém precisar ser cruel e tentar destruir um momento, mas ''quem você é, não é o que você fez, tudo bem, você continua um inocente''.
''Não era mais fácil nos dias em que você usava uma lancheira? Sempre uma cama maior para deitar. Não era lindo quando você acreditava em tudo e todo mundo acreditava em você? Tudo bem, a vida é uma multidão resistente. 32 anos e continua crescendo agora, mas quem você é, não é o que você fez, você continua um inocente. O tempo transforma chamas em brasas, você terá novos setembros, todos nós já estivemos confusos também. Opiniões mudam com o tempo e eu espero que você lembre que hoje não é tarde demais para ser novo em folha.''


❤ Die Young - Kesha
Eu sempre preciso me policiar muito para viver as coisas por etapas e não mergulhar muito fundo em qualquer coisa, mas por ser muito intensa em tudo, eu tenho bastante dificuldade. E Die Young representa esse meu lado. Com certeza colocaria ela de toque no meu V3 rosa, hahaahahaha.
''Vamos aproveitar a noite ao máximo como se fossemos morrer jovens. Vivendo ao extremo, do jeito que deveríamos e não importa quem está observando quando estivermos detonando. Essa mágica que temos ninguém pode tocar.''

❤ Dom quixote - Engenheiros do Hawaii
Nem eu sei explicar exatamente o porquê, mas eu tenho uma conexão de outro mundo com essa música. Sempre vou em busca dela quando estou me sentindo um pouco para baixo ou chateada com alguma coisa. Ela segue a mesma linha de Die Young só que em outra perspectiva, já que ser intensa tem seu lado monstro na história também. Eu mesma já fiz muita coisa por amor à várias causas perdidas.. E eu sinto que ele relata essa coisa de ser ''otário'', como ser incompreendido, por fazer demais por coisas que talvez não valham a pena todo desgaste.
Porém, por outro ponto, eu vejo como algo bom, a gente PRECISA ter amor pelas causas perdidas e tentar mudar o curso de certas coisas.
''Muito prazer me chamam de otário por amor às causas perdidas. Tudo bem, até pode ser que os dragões sejam moinhos de vento. Muito prazer, ao seu dispor se for por amor às causas perdidas.''

❤ The only exception - Paramore
Sou apaixonada pela letra de The only exception, mas mais ainda pelo fato dela me parecer completamente real e possível.
Depois de acontecimentos ruins, temos tendência a nos fecharmos para um determinado campo, mas conforme o tempo passa, aprendemos a tornar isso só uma experiência e recomeçar do zero. Graças a Deus, sempre existirão nossas únicas exceções em tudo.
''E foi nesse dia que eu prometi que não cantaria sobre amor se ele não existe. Mas querido, você é a minha única exceção. Eu sempre vivi assim, mantendo uma boa distância, porque até agora, eu tinha jurado a mim mesma que eu estava contente com a solidão e que nada disso, algum dia, valeria o risco, mas você é a única exceção.''

❤ Album 1989 - Taylor Swift
Infelizmente, poucas são as músicas do novo álbum da Taylor, o 1989, que caíram no Youtube, já que esse controle vem ficando cada vez mais rígido.
Sou suspeita a falar dela, mas tive a felicidade de ler de várias pessoas que não se identificavam muito com as músicas da Tay, que esse novo CD está incrível, e por isso, é impossível eu selecionar uma, se estou viciada no álbum completo, né? Hahahaha. Mas as minhas favoritas são Style, New romantics, Blank space e Wildest dreams. Por sinal, têm vários covers lindos pelo Youtube! E esse de Style é um deles. <3
''Você tem aquele cabelo longo, jogado para trás e uma camiseta branca. E eu tenho aquela fé de menina boa e uma saia curta apertada.. E quando nós desabamos, conseguimos ressurgir todas as vezes, pois nós nunca saímos da moda.''

❤ What the hell - Avril Lavigne
Sempre gostei muito da Avril (spoiler: inclusive estou pensando em gravar um tutorial inspirado nela <3) e What the hell marcou muito uma fase da minha vida, já que eu usava essa frase para tudo (?) Além disso, nessa mesma fase, várias pessoas cismavam que éramos parecidas, olha se eu posso com isso, hahahaha!
''Toda minha vida eu fui boa, mas agora, estou pensando "Que se dane!" Tudo que eu quero é bagunçar e eu não me importo se você me ama, ou se você me odeia, você não pode me salvar.''
Ufa! Esse primeiro post de 2015 veio recheado de histórias, né? Espero que tenham gostado. <3 Um super beijo e um ótimo final de semana! E não esquece que o blog já está voltando para seu ritmo diário, ein?




2 comentários:

  1. Que tag legal! :D
    Amei TODAS as musicas, você tem um bom gosto! :D
    Seu blog é tão lindinho *-* Parabens!

    Beijão linda :*

    http://ellastahl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Quase todos os dias eu confiro o blog e o yt para te assistir, te ler, rsrs Me indentifico muito com você e é como se estivesse conhecendo uma grande amiga!
    Adorei a tag, Lari, e acredite, estou sempre por aqui! Rsrs
    Tudo de bom pra você em 2015! Muitas oportunidades, idéias e sucesso!

    Beeeeijos e fique sempre com Deus!

    Camila Augé

    ResponderExcluir

© Todos os direitos reservados | 2016
Desenvolvimento por: Larissa Mocellin (part.Jaque Design) | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo