Desânimo: Cansaço, falta de motivação.. What?

Oi, pessoal!  O post de hoje traz um assunto um pouquinho diferente do que eu costumo tratar por aqui, mas que eu senti a necessidade de compartilhar com vocês.. Eu não sei se presto muita atenção em alguns comportamentos, ou se simplesmente, a tendência é que as pessoas vivenciem a mesma coisa no mesmo momento.. Falo isso porque faz uns dias já, que venho percebendo cada vez mais, uma onda de desânimo, de cansaço, de pessoas estagnadas nessa sensação.



O fato é que muitas vezes, isso se torna um caminho sem volta, já que quando a gente começa a atrair esses pensamentos, parece que todos os probleminhas cotidianos, ganham uma importância exagerada. Eu já passei por isso e ainda passo, assim como eu tenho certeza que você também já se deparou com uma situação assim.. E do mesmo jeito que é fácil ''entrar'' nessa onda de desânimo, é muito fácil sair, a gente só precisa de um estalo, de um *plim*.














É ótimo ficar sozinho, particularmente, amo. Mas eu acho que é muito importante ter um equilíbrio, sabe? A gente precisa manter vínculos, rever pessoas, jogar conversa fora mesmo.. Não tem um ditado que diz que cabeça vazia é oficina para o diabo? Hahaha então, é porque exatamente quando ficamos muito sozinhos que as coisas ruins, as lástimas e os desesperos internos começam a passar pela nossa cabeça, nos fazendo acreditar que a nossa vida, do jeito que está, não está boa, que muita coisa precisa mudar, quando muitas vezes, não.
{Arrume um tempinho para você, para as suas atividades, mas sempre que puder, saia, principalmente nessa fase. As vezes, desabafar e compartilhar um problema, também pode aliviar um pouquinho. Mas não faça disso uma rotina, ein? 














Acredito que já seja natural do ser humano focar nas coisas que deram errado, no que não está rendendo, na falta de dinheiro, na ausência de alguém.. Mas eu tenho certeza absoluta que se você parar para pensar um pouquinho só, vai conseguir fazer uma lista das coisas boas e surpreendentes que já aconteceram na sua vida. Não? Vou te dar algumas hipóteses, então.
{Você pode estar aproveitando o último ano do ensino médio, ou então, na faculdade que sempre quis. Pode ter um ambiente de trabalho ótimo e ganhar o suficiente para poder comprar um item de desejo pessoal ao menos uma vez por mês. Já fez aquela viagem que sempre quis, ou sabe que tem capacidade para guardar real por real para um dia, conseguir fazer. Pode morar em uma casa boa, com pessoas que te amam acima de qualquer coisa, ou se não for essa maravilha toda, nada compra o gostinho que é poder chegar em casa, tomar um banho e deitar na sua caminha. Tem amigos ótimos que estão com você sempre, ou você sabe que é uma pessoa boa o suficiente para ser um amigo assim para alguém. Pode não ter ninguém do seu convívio próximo internado em um hospital, ou pode estar tendo a oportunidade de viver um pouco mais com esse alguém. 














Se as coisas, realmente, não estão indo bem, tente achar o fio da meada que está desencadeando tanta coisa negativa. É um acontecimento? Uma pessoa? Mudança! Não tenha medo de se desprender do que não te faz bem e te empurra para baixo.. É a velha história de que há males, que vêm para o bem. 
{Pode parecer besteira, mas a lei da atração é uma das coisas mais fascinantes desse mundo. Ou você não concorda que quanto mais pensamentos negativos, mais sentimentos ruins e mais autocobranças, mais as coisas parecem se encaminharem para dar errado? 

Tá passando por uma fase ruim e não tem ninguém para conversar?
Eu tô sempre aqui. contatobylarissamocellin@gmail.com 

6 comentários:

  1. Lari, minha linda, adorei o texto. Amo a delicadeza como você escreve e retrata cada tema.
    Acho que a humanidade vive uma onda de desanimo, tristeza e conformismo. A gente tem que estar sempre buscando melhorar, e a lei da atração também é a minha grande aliada =).
    Lari amiga, te indiquei numa tag lá do blog, adoraria saber suas respostas.
    Super beijo amore.
    http://sabrinaikeda.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi minha linda! Muito obrigada pelo carinho de sempre, viu?! Você sabe que eu concordo muito com as suas opiniões, acho que pelo fato de nos identificarmos com espiritismo e termos a cabeça tão aberta para tudo. =D
      Vou conferir agoraa! Fiquei super feliz.
      Um beijão, Sa.

      Excluir
  2. Larissa, lindo texto engrandecedor e faz a gente pensar.. quem nunca ficou pra baixo e se sentindo sozinho??
    Boas dicas vc passou, parabéns!!

    Bjos,
    http://blogdmulheres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oii Lari!
    Adorei teu texto e super me identifiquei com o que tu disse. Posso dizer que ler isso caiu como uma luva pra mim!

    Beijinhos
    www.justbia.com.br

    ResponderExcluir

© Todos os direitos reservados | 2016
Desenvolvimento por: Larissa Mocellin (part.Jaque Design) | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo